Uma brasileira fazendo intercâmbio no México

Olá pessoal!!!!

Que honra ser convidada a colaboradora desta página. Mas quem é essa Paula Cappelletti com essa fotinho do México que colocaram aí?

Eu tenho 21 anos e sou de São Paulo – SP. Lá no Brasil eu estudo História na Universidade de São Paulo (USP) e moro com a minha família bonita e que eu tenho saudades (oi mãe, tô no DayOffLife).

Mas o que me fez trancar a faculdade e dizer “ Até logo” para os amigos e família? Eu tinha essa gana de viver por mim mesma, me jogar no mundo e conhecer o máximo que eu pudesse, lidar com os perrengues de qualquer jovem que decide fazer intercâmbio e sentir o que é ter essa responsabilidade tão grande por si para viver um ano sozinha em um país cuja língua eu não dominava.

Em janeiro de 2017 eu estava decidida, eu embarcaria para algum país do mundo que me interessasse (todos) e que me escolhesse no Processo de Seleção que fiz em cada país por videoconferências para ir dar aulas de inglês.

Por que México?

Tantos motivos. Foi a oportunidade de trabalho mais CHIDA (legal, em espanhol mexicano) que eu poderia escolher. Dou aulas de inglês na Universidade SIGLO XXI, me chamam de “maestra”, imagina que chique?

Também sou louca pela América Latina, em especial México. Minhas suspeitas se comprovaram a cada viagem que eu tenho feito nesse país que conserva tanto de sua arquitetura colonial, cultura indígena e paisagens extraordinárias.

Também vim pelos mexicanos. Sabia que seria difícil viver um ano fora de casa e sozinha pela primeira vez na vida, me organizando com o dinheiro que eu ganhava e me preocupando pela primeira vez se eu ia sair à noite porque deveria pagar a conta de luz. Era exatamente o que eu buscava, mas a companhia é tudo. Esse sangue fervente da América Latina nos une como um, somos felizes, festeiros, intensos – e as vezes também extremos.

Minha impressão de tudo isso?

É difícil, mais do que eu pensava. E é incrivelmente maravilhoso ao mesmo tempo. O trabalho é intenso, mas eu faço o que eu amo. Os mexicanos que achei que me ajudariam me deixaram na mão, mas descobri amizades valiosas que nunca me deixaram sozinha. O país é lindo. A cada lugar novo eu tenho um respiro fundo de paz, minha mente ansiosa se esvazia e a única coisa que eu penso é “Não se esqueça daqui”.

Espero que vocês tenham gostado, nas próximas semanas vou contar de todas essas experiências que fazem dessa viagem algo tão marcante na minha vida.

Até a próxima!

Por Paula Cappelletti Imperatore

Day Off Life – Cantinho Brasileiro

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s